Super Herói viaja a Hunab’Ku

José Argüelles, também conhecido como Valum Votan, Norte-americano do Estado de Minnesota,USA, nascido a 24 de janeiro de 1939, viveu seus primeiros cinco anos de vida na cidade do México, mudando-se para a Califórnia no final da Segunda Guerra.

Formado pela Universidade de Chicago,recebeu bacharelado na Arte Liberal e fez Mestrado de História da Arte em 1963. Completou o curso de Doutorado em 1965, foi nomeado como “Samuel H.Kess, Sênior Fellow”, e estudou História da Arte em Paris, 1965/1966.

Recebeu o título de PHD em História da Arte e Estética, na Universidade de Chicago em 1969. Como estudante do Chogyam Trumgpa Rinpoche, freqüentou o Primeiro Seminário Norte Americano Vajrayana, em Jackson Hole, Wyoming, em 1973.

Como educador

  • Professor Assistente de História da Arte na Universidade de Princeton – 1966/1968.
  • Professor Assistente de História da Arte e da Mídia Visual da Universidade da Califórnia, em Davis – 1968/1971.
  • Membro da Fundação para Capacitação e líder do Programa de Arte do Homem do The Evergreen State College, em Olímpia, Washington – 1971/1973.
  • Membro da Fundação para Capacitação do Instituto Naropa em Bolder, Colorado –1974/1975.
  • Professor Assistente de História da Arte e Estética, do Instituto de Arte em São Francisco – 1974/1977.
  • Professor Convidado de História da Arte da Universidade de Colorado, Denver – 1979/1983.
  • Professor Central na União de Escola Graduada, Cincinnati, Ohio, 1977/1983; líder do Programa de Doutorado da Arte Criativa 1983/1989.

Durante a carreira acadêmica, José Argüelles foi convidado palestrante em várias faculdades e universidades. Orador central no 13º Encontro Anual da Associação dos Terapeutas de Arte em 1981, e um dos principais representantes no desenvolvimento de vários centros, como por exemplo, o Instituto Esalen em Big Sur, Califórnia; Instituto Ômega e Open Center em Nova York, entre outros.

 

Livros Publicados

José Argüelles é autor de numerosos ensaios filosóficos, culturais e poesias. Seus livros sobre as investigações científicas dos Sistemas Totais são traduzidos para diversos idiomas.

  • Mandala (co-autor). Publicações Shambala, 1972. Traduções: alemão, italiano, holandês, russo e japonês
  • Charles Henry e a Formação da Estética Psicofísica: Jornal da Universidade de Chicago, 1972
  • A Visão Transformadora: Reflexões na Natureza e História da Expressão Humana. Publicações Shambala, 1977
  • O Espaço Feminino como Céu (co-autor). Publicações Shamballa, 1977
  • Terra em Ascensão: Um Tratado Ilustrado da Lei que Governa os Sistemas Totais. Publicações Shamballa, 1984, segunda e terceira edições, Bear & Co, 1988, 1999.
  • O Fator Maia, Um Caminho Além da Tecnologia, best seller mundial. Bear & Co, 1987; Segunda edição, 1996. Tradução: espanhol, alemão, italiano, finlandês, croata, russo, japonês, português.
  • Os Surfistas do Zuvuya, Histórias de Uma Viagem Interdimensional. Bear & Co. 1988. Traduções: espanhol, russo, japonês, português.
  • O Chamado de Pacal Votan: o Tempo é a Quarta Dimensão. Editora Alttea, 1996. Traduções: espanhol, português.
  • A Sonda de Arcturus, Narrativas e Reportes de Investigação em Andamento. Editora Light Technology, 1996. Tradução: japonês, português.

 

Como Artista

  • Exposições no Museu de Arte da Universidade de Princeton,1988, e na Inner City Gallery em Los Angeles, 1969.
  • Murais no Departamento de Psicologia da Universidade da Califórnia em Davis, 1969, e no Edifício da Biblioteca Dan Evans, The Evergreen State College, Olímpia, Washington, 1972.
  • Com Chogyam Trungpa Rinpoche, prestou assistência na exibição de Arte Darma em Los Angeles (1980) e São Francisco (1981).
  • Recentemente suas pinturas visionárias foram expostas em Timeis Art Gallery, Portland, Oregon (1999-2000).
  • Idealizador do conceito do Dia da Terra e criador do Primeiro Festival Anual da Terra Integral, em Davis, Califórnia, em 1970.
  • Recebeu a Comenda Especial do Estado da Califórnia em 1974 durante o 5º Festival Anual da Terra Integral, por ser o Pai do Festival da Terra Integral, e por sua contribuição à arte e cultura da Califórnia.
  • Principal palestrante do Festival Anual da Terra Integral em 1984 e 1988. Em 1988 ajudou a fundar a “Earth Celebration 2000”, em Santa Mônica, Califórnia.
  • Com a sua esposa Lloydine, organizou a campanha para a conferência da Terra em Malibu, Califórnia, em 1989.

 

Ativista da Paz

  • José Argüelles é ativista vitalício para a Paz e a Transformação da Consciência Planetária.
  • Em 1968, ele co-organizou o evento “Transformation Event”, na cidade de Nova York, em 25 de março.
  • Com a sua esposa Lloydine, Argüelles fundou a Rede de Arte Planetária, em 1983, promovendo a arte como o fundamento da paz global, dedicando-se a reativar o Pacto de Paz e a Bandeira da Paz de Nicholas Roerich, de 1935.
  • Trabalhando com as informações proféticas recebidas de Tony Shearer em 1970, Argüelles apresentou o resultado dos estudos matemáticos de toda a sua vida na decodificação do Calendário Maia, no evento da meditação global e paz planetária da Convergência Harmônica, em 15/16 de Agosto de 1987.

Seguindo o deciframento dos códigos do Calendário Maia, continuou sua investigação científica e matemática dos códigos ocultos do sistema do Calendário Maia da América Central, produzindo:

  • Descoberta da Lei do Tempo, baseada na definição das freqüências de tempo 12:60 e 13:20 em 1989, e a produção das ferramentas e provas matemáticas do tempo da Quarta Dimensão, incluindo:
  • O Calendário de 13 Luas (1990-2000), que atualmente vem sendo editado em todo mundo, podendo ser citados, dentre outros, os seguintes países que o editam: Estados Unidos, Japão, Nova Zelândia, México, Chile, Brasil, Alemanha, Áustria, Itália, Finlândia, Holanda, Rússia, Costa Rica, Venezuela, Argentina, Colombia e outros.
  • As 13 Luas em Movimento, 1992. Tradução: espanhol, português e alemão.
  • O Encantamento do Sonho: A Viagem da Nave do Tempo Terra 2013 (1991). Traduções: espanhol, croata, italiano, japonês e português.
  • Telektonon, a Profecia de Pacal Votan (1994). Traduções: espanhol, português, italiano, alemão, russo e japonês.
  • Plano de Paz e de Mudança para o Calendário de 13 Luas (1995).
  • O Primeiro Congresso Planetário dos Direitos Biosféricos, em Brasília, 1996.
  • Plano Mestre da Cultura Galáctica, 1996.
  • Pacal Votan e o Dia do Julgamento, 1996.
  • Os 260 Postulados da Dinâmica do Tempo, 1996.
  • O Princípio Matemático da Quarta Dimensão, 1996.
  • O Projeto Rinri, Experimento da Ponte Arco-Íris Circumpolar, 1996.
  • As Vinte Tábuas da Lei do Tempo, 1997.
  • O Congresso Mundial da Lei do Tempo e o Tribunal do Dia do Julgamento, 1997.
  • O Encontro da Cúpula Mundial de Paz e Declaração da Reforma do Tempo e as Sete Resoluções de Apoio, 1999.
  • 7:7::7:7 – Revelação do Telektonon, 1998-2000.
  • 28 Meditações da Lei do Tempo, 2000.

Para implementar a descoberta da Lei do Tempo, os Argüelles fundaram o Movimento Mundial de Paz e de Mudança para o Calendário de Treze Luas, 1994. Como peregrinos da paz planetária, eles têm transmitido suas mensagens ao redor do mundo, incluindo o Vaticano e as Nações Unidas, e convocaram os seguintes eventos:

  • Primeiro Congresso Planetário dos Direitos Biosféricos, Brasil 1996.
  • Cerimônia de Dissolução das Fronteiras, em “Four Corners”, Estados Unidos, 1996.
  • A Primeira Marcha Mundial pela Paz, México, 1996.
  • Primeiro Congresso da Lei do Tempo, Japão, 1997.
  • Primeiro Concílio da UR – Reunião de Paz para a Religião Universal, Itália, 1998.
  • O Encontro Mundial da Cúpula da Paz e do Tempo, Costa Rica, 1999.
  • Seminário dos Magos da Terra de Sete Semanas, Picarquin, Chile,1999.
  • Seminário Magos da Terra de Sete Dias, Tóquio, 2000.
  • Seminário Magos da Terra de Sete Dias, Mount Hound, Oregon, 2000.
  • Seminário Magos da Terra de Sete Dias, Cisternino, Itália, 2000.

Desde 1992, os Argüelles têm promovido e organizado os eventos do “Dia Fora do Tempo” no Havaí, em Serpent Mound, Ohio, Teotihuacan, Monte Fuji e Milão. No “Dia-Fora-do-Tempo” de 2000, foi celebrada em todo o mundo, a conclusão do Projeto Rinri, o Experimento da Ponte Arco-Íris Circumpolar.

Recipiente da Combinação Mágica, Prêmio do Milênio 2000

Em 2000, José e Lloydine Argüelles foram co-fundadores da Fundação da Lei do Tempo, uma organização sem fins lucrativos, em Portland, Oregon, USA.

Nos últimos 11 anos Valun Votan dedicou-se integralmente em investigações e publicações sobre o a Noosfera, Noogênisis e o advento da era Psicozóica. Entre elas destacam-se os boletins do Projeto Rinri e Instituto de investigação Galáctica, a realização do II Congresso da Biosfera, os 7 Volumes das Crônicas da História Cósmica e o Synchronotron.

Muitas publicações estão sendo traduzidas ao português e estarão disponíveis aos kins planetários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *